push

sexta-feira, 25 de junho de 2010

SENSIBILIZAR

Dói a espinha dorsal

Latejam os músculos

Não desisto dou um grito

Espanto as dores e

Fico sem ação na transversal.

As dores e meus amores

São como irmãos no

Meu peito dolorido

Com grandes expectativas

Tomo um chá e espanto as dores.

Fico inerte e flerto com as piores “ites”

Artrites, bursites, tendinites, miosites

Olho para as paredes brancas

sem posição e certo.

Sensibilizar é uma atitude

No mínimo atenuadora

Para os sofrimentos daquele

Que sofre inerte com a sua dor.

Bruno Calil Fonseca

AILA – CADEIRA 25.

domingo, 20 de junho de 2010

A DEUS TODA A GLÓRIA....

A DEUS TODA A GLÓRIA

Como agradecer
A Jesus o que fez por mim
Bençãos sem medida
P’ra provar o Seu amor sem fim
Nem vozes de milhões de anjos Podem expressar
A minha gratidão
Tudo o que eu sou
E o que vier a ser aqui
Eu ofereço a Ti

A Deus toda a glória
A Deus toda a glória
A Deus toda a glória
Pelo que Ele fez por mim
Com Seu Sangue salvou-me
Seu poder transformou-me
A Deus toda a glória
Pelo que Ele fez por mim

Quero viver aqui
A Sua vontade fazer
E se eu ganhar
Algum louvor
Ao calvário quero entregar
Com Seu Sangue salvou-me
Seu poder transformou-me
A Deus toda a glória
Pelo que Ele fez por mim. video

terça-feira, 15 de junho de 2010

MENTE SÃ EM CORPO SÃO!


Um corpo que desfalece é como uma rosa que murcha até ao vento brando da manhã, sua composição se enfraquece a cada movimento mais ousado dos membros inferiores, o primeiro a sofrer o enfraquecimento é o cérebro, centro do sistema nervoso e povoação de milhares de filigranas com funções das mais diversificadas e nomes dos mais complexos.
Sempre que a doença se inicia, uma série de fatores a influencia, normalmente, começando no cérebro e estendendo-se pelo organismo de forma quase que generalizada, uma vez que, o próprio cérebro, não irá permitir que algum órgão fique indiferente e imune ao perigo que se apresente iminente para o “Ser” em si próprio.
O nosso organismo é controlado pela redoma craniana, que traz em seu bojo o necessário para a sua manutenção e equilíbrio, desde que o corpo que lhe serve de pilar esteja em sintonia harmônica com os seus filamentos e cumprindo cada um o seu mister plausível.
Uma mente sã em um corpo sadio é o ponto de partida da união do homem com o seu Criador: é a residência do Arquiteto do Universo! Não importando a pintura exterior (cor da pele etc.), a formosura e seu antônimo, os bolsos amealhantes ou vazios de ouro, a forma da compleição física, altura, largura etc.
O nosso criador não pode desdizer-se e nunca o faria, portanto, “mente sã e corpo são” não quer seguir os parâmetros como a maioria os conhece.
Sendo Deus Tudo em Todo o Princípio e o Fim, jamais escolheria como habitação o seleto entre a humanidade em detrimento dos demais, isso, seria desdizer a sua máxima de caridade e igualdade dos homens, em irmandade até com os Anjos.
Dessa forma, para o nosso Criador, Mente quer dizer PENSAMENTO e Corpo INSTRUMENTO DO BEM! Não importando como eles venham a sair na “fotografia” do cotidiano de cada um.
A mente, sendo povoada de pensamentos puros, e o corpo, instrumental do bom proceder, Deus ali fará a morada transcendental. Em contrapartida, sendo os pensamentos negativos e maldosos e o corpo um poço de vilanias, o Criador só irá a eles de quando em vez para, ocasionalmente, tentar fazer o “locador” modificar-se interiormente no afã de repossuir a morada que está extraviada Dele pelo livre arbítrio lha concedida.
Assim dito, podemos afirmar, com convicção, que: doença, saúde, cérebro, corpo etc. nada tem a ver com a presença de Deus (ou sua ausência) no corpo que desfalece por um mal qualquer, isso é fruto ou usufruto do discernimento de cada um, ou de seu livre arbítrio ao utilizar o corpo e cérebro recebido, apenas, tendo esse corpo a presença transcendental de Deus lhe será mais fácil vencer os males lhe acumulados, sem que o Criador faça nenhuma acepção entre todos os seus filhos em favor de alguns.